Iniciativas em todo o Brasil reúnem doações de produtos e fundos para comunidades e aldeias, mais vulneráveis a infecções respiratórias

 

É hora de nos unirmos contra o Covid-19. Com o avanço do novo coronavírus no Brasil, os principais órgãos de saúde recomendam à população o isolamento total, ou a chamada “quarentena”. Essa orientação é ainda mais importante para quem tem um quadro de imunidade mais baixa e vive distante de hospitais.

É o caso de indígenas e outros povos da floresta, que estão se mobilizando para garantir o bem-estar de suas comunidades. Vaquinhas virtuais e contas bancárias foram disponibilizadas para garantir itens de higiene, alimentos e também dinheiro para os próximos meses.

Caso conheça alguma iniciativa que esteja fora da lista, envie as informações pelas nossas redes sociais:

Twitter
Facebook
Instagram



1. Apib (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil)

“O momento é grave.

A humanidade vai enfrentar seus piores momentos desde a 2ª Guerra Mundial. Epidemias são terríveis para a sociedade, mas sabemos que para os povos indígenas o impacto é ainda maior. A gripe, a varíola e o sarampo foram algumas das doenças introduzidas em nossos territórios por não indígenas e que exterminaram muitos dos nossos antepassados.

O coronavírus é mais uma dessas ameaças. É preciso ter um olhar direcionado aos povos indígenas com o aumento da pandemia mundial. Os efeitos para nós podem ser devastadores! O nosso modo de vida comunitária pode facilitar a rápida propagação do vírus em nossos territórios caso algum de nós seja contaminado.

Doe agora para a Apib. Com o valor arrecadado vamos comprar alimentos, remédios e material de higiene para as nossas aldeias”.

2. Ajude os povos de Altamira (PA)

“A campanha pretende inicialmente arrecadar 40 mil para custear 200 cestas básicas + produtos de limpeza para 200 famílias em extrema vulnerabilidade mapeadas inicialmente pelo Movimento Xingu Vivo Para Sempre, Movimento dos Atingidos Por Barragens, Coletivo de Mulheres Negras Maria Maria, Movimento de Mulheres Trabalhadoraw do Campo e Cidade e Centro de Formação do Negro e Negra da Transamazônica e Xingu”.

Clique aqui para fazer a doação.




3. Comunidades Maxakali – Aldeia Verde / Ladainha (MG)

A comunidade de Aldeia Verde, na cidade de Ladainha (MG), com 130 famílias do povo Maxakali isoladas, pede ajuda para a compra urgente de cestas básicas. Mais informações na imagem e no link: https://isa.to/2WE9GoU





4. Comunidades Maxakali – Água Boa (MG)

A comunidade de indígenas Maxakali de Água Branca (MG) também pede ajuda no isolamento por conta do Covid-19. São cerca de 350 família que precisam de apoio para a compra de cestas básicas. Mais informações na imagem.





5. Comunidades Maxakali – Terra Indígena do Padrinho (MG)

Com pouco acesso a água potável e quase sem abastecimento, indígenas Maxakali de 13 aldeias na Terra Indígena do Padrinho (MG) pedem apoio. Informações de como ajudar na imagem.





6. Guarani Mbya (SP)

Com o Covid-19, os Guarani Mbya decidiram desocupar o terreno da Construtora Tenda para garantir a saúde de seu povo. Agora na Aldeia Jaraguá os indígenas precisam de ajuda para enfrentar o isolamento e o período de combate à epidemia. Saiba mais: https://isa.to/2xmgAEN

 

Fonte: https://www.socioambiental.org/pt-br/noticias-socioambientais/saiba-como-ajudar-indigenas-e-povos-da-floresta-no-combate-ao-coronavirus