O professor e líder indígena João Lira da Silva, de 42 anos, não resistiu às complicações da Covid-19. Ele faleceu na manhã desta quinta-feira (17), no Hospital Regional do Vale do Ribeira, em Pariquera-Açu (SP), onde estava internado. “Além da perda de um amigo, é uma perda para educação escolar indígena”, lamenta a colega e professora Jaciara de Souza.

Importante defensor do ensino indígena específico e de qualidade, João Lira era vice-diretor da Escola Estadual Indígena (EEI) Aldeia Itapuã, na Terra Indígena (TI) Ka’aguy Hovy, em Iguape (SP). Entre as suas contribuições está a batalha por uma alimentação saudável e culturalmente adequada, usando as escolas como um canal para reforçar a soberania alimentar das famílias indígenas – tema de grande relevância para os povos em São Paulo.

Ele foi também o primeiro representante indígena candidato a deputado federal na região do Vale do Ribeira, em 2018. “João Lira, grande líder. Lutou por uma educação que respeite as nossas diferenças. Aldeia Piaçaguera sente muito! Estamos perdendo muitos líderes para a Covid”, expressa a educadora indígena Lilian Gomes, moradora da TI Piaçaguera (SP).

Aos familiares e amigos do professor João Lira, em especial ao povo Guarani, desejamos força para enfrentar essa grande perda.

 

 

Fonte: https://cpisp.org.br/a-comissao-pro-indio-de-sao-paulo-esta-luto-pela-morte-do-professor-joao-lira/