OConselho Indígena de Roraima (CIR) por meio do Departamento de Gestão Territorial e Ambiental (DGTA), e da rede de sementes Zamaka Ydai, entregou nesta terça-feira (06) nas comunidades indígenas Serrinha e cachoeirinha, da Terra Indígena Yanomami, seis tipos de sementes, com intuito de disseminar e valorizar as sementes tradicionais nas comunidades e fortalecer a agricultura familiar.

A gestora territorial Kelliane Wapichana explica sobre as sementes.

A gestora territorial Kelliane Wapichana, do CIR, destacou a importância da valorização das sementes e de multiplicá-las nas comunidades indígenas. “O objetivo é valorizar cada vez mais as sementes tradicionais, e entregar nas comunidades que estão solicitando. E com isso, as mesmas possam multiplicar em outras comunidades Indígenas. E esse trabalho já é o resultado do banco de sementes do CIR. Então hoje entregamos  na T.I Yanomami, e ficarão muitos satisfeitos”, explicou Kelliane.

Em uma das da entregas das sementes tradicionais.

As sementes que foram entregue ao povo Yanomami, já foram resultado da devolução do plantio do coordenador Valério Eurico, região raposa, TI. Raposa Serra do Sol.

Foram entregues as sementes de milho: preto, branco, e chatão. De  feijão: corujinha, jaulão, e manteiguinha.

Sementes de milho: preto, branco, e chatão. De  feijão: corujinha, jaulão, e manteiguinha.

O coordenador geral do CIR, Edinho Batista, e o engenheiro agrônomo, Giofan  Mandulão participaram das doações. Nesta atividade a equipe da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) esteve acompanhado a equipe.

 

 

Fonte: https://cir.org.br/site/2021/04/06/aldeias-yanomami-recebem-sementes-tradicionais-de-projeto-do-cir/