A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde, está com vagas abertas para contratação de profissionais de saúde. Eles prestarão serviços de saúde básica nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) Potiguara, Kayapó do Pará, Alagoas e Sergipe e Tocantins.

Para concorrer é preciso ter, no mínimo, ensino médio ou ensino técnico completo. As inscrições devem ser feitas no site das instituições conveniadas responsáveis pelos processos seletivos.

Desde 2020, a SESAI mudou seus critérios para que as conveniadas realizem seus processos seletivos. Além de mais transparência, há pontuação exclusiva para os indígenas. Eles recebem pontuação maior durante a avaliação curricular e de título e são prioridade em caso de desempate. “Se a pessoa for indígena, já recebe 6 pontos; se morar na aldeia, mais 4 pontos. O objetivo é valorizar e dar mais oportunidades para os indígenas”, explicou o Secretário Especial de Saúde Indígena, Robson Santos da Silva.

Não se trata de concurso público, a contratação é pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e os candidatos precisam passar por três etapas: inscrição, avaliação curricular e de títulos e entrevista. Os salários variam entre R$ 1.588,21 e R$ 8.410,43. As vagas são para início imediato e formação de cadastro reserva.

PRAZO DE INSCRIÇÃO:
DSEI Potiguara

até 4 de maio

DSEI Kayapó do Pará

até 29 de abril

DSEI Sergipe e Alagoas

até 4 de maio

DSEI Tocantins

até 4 de maio

Clique aqui para acessar os Editais”.

 

 

 

Fonte: https://saudeindigena1.websiteseguro.com/coronavirus/viewNoticia.php?CodNot=8d5a590ca5