A Fundação Nacional do Índio (Funai) inaugurou na segunda-feira (28) a nova Sede da Coordenação da Frente de Proteção Etnoambiental (FPE) Awá, em São Luís (MA). A cerimônia contou com a presença de uma comitiva da Sede da Funai, em Brasília, liderada pelo diretor de Administração e Gestão substituto, Paulo Andrade.

“Trata-se de um marco importantíssimo para a Funai, pois estamos melhorando o local e as condições de trabalho dos servidores para que eles possam desenvolver e aperfeiçoar suas atividades na parte administrativa e de gestão, e, consequentemente, na área finalística”, destacou Andrade.

O diretor substituto ressaltou também que a nova Sede representa economia aos cofres públicos. “Além das vantagens de melhor localização e estrutura física da unidade, diminuímos os valores de contrato e manutenção, gerando redução de custos para a administração pública e fazendo cumprir o princípio da eficiência”, frisou.

“A FPE Awá é a unidade descentralizada da Funai responsável pelos trabalhos com os índios isolados e de recente contato do estado do Maranhão”, explicou o coordenador-geral de Índios Isolados e de Recente Contato da Fundação, Marcelo Torres. “A nova Sede permite que o serviço na área meio seja otimizado, possibilitando, assim, que os colegas que estão em campo realizem um bom trabalho”, acrescentou.

A coordenadora da FPE Awá, Daianne Veras, comentou sobre a importância da nova estrutura. “É um momento de grande celebração. Há anos estávamos na antiga Sede, que já não comportava nossas necessidades. Esta nova unidade é mais adequada para comportar as demandas e prestar um serviço de melhor qualidade aos indígenas. Estamos trabalhando bastante para aprimorar nossas atividades e funcionalidades no atendimento a diferentes etnias do Maranhão”, salientou.

Participaram também da solenidade a coordenadora de Gabinete da Diretoria de Proteção Territorial, Maria Camila de Camargo; o coordenador-geral de Tecnologia da Informação e Comunicações, Denilson da Silva; o coordenador de Conservação e Recuperação Ambiental, Guilherme Gonçalves; e a servidora da Coordenação-Geral de Recursos Logísticos Marilúcia Macêdo Ningeleski.

Proteção

As ações finalísticas da Coordenação-Geral de Índios Isolados e de Recente Contato da Funai (CGIIRC) são executadas por onze FPEs, descentralizadas em diversas Bases de Proteção Etnoambiental (Bapes) instaladas na Amazônia Legal, as quais estão alocadas estrategicamente no interior das Terras Indígenas com presença de grupos isolados e de recente contato.

Essas unidades são responsáveis por ações permanentes e continuadas de proteção, fiscalização e vigilância territorial, além de coibição de ilícitos, controle de acesso, acompanhamento de ações de saúde, entre outras atividades.

Assessoria de Comunicação / Funai

Infraestrutura, Trânsito e Transportes

 

 

 

Fonte: https://www.gov.br/funai/pt-br/assuntos/noticias/2021/funai-inaugura-nova-sede-de-frente-de-protecao-etnoambiental-no-maranhao

Thank you for your upload