Iniciativa é da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde

Os indígenas aldeados com formação técnica ou superior em enfermagem devem ficar atentos: estão abertas vagas para o projeto ”Jovem Indígena: Meu Primeiro Emprego”. As oportunidades são para indígenas que nunca tenham trabalhado na área de formação e estão disponíveis nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) Kayapó do Pará, Xavante, Maranhão e Minas Gerais e Espírito Santo.

Só poderão participar deste processo seletivo candidatos que comprovarem pertencer a etnias que integram as aldeias localizadas na área de abrangência dos Distritos. A iniciativa é da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que integra a estrutura do Ministério da Saúde.

Os candidatos devem ter registro no Conselho de Classe Regional do estado e ter idade de 18 e 24 anos para técnico de enfermagem e entre 18 a 29 anos para enfermeiro. Os salários são de R$ 2.682,37 e R$ 8.674,62, respectivamente. A contratação será por CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) por meio de entidades conveniadas com a Sesai.

O processo seletivo simplificado é composto por quatro etapas:

  • Inscrição por meio do envio do formulário;
  • Análise curricular;
  • Prova de títulos;
  • Prova objetiva presencial e;
  • Entrevista com a comissão examinadora.

O contrato tem data determinada de início e término, não podendo ultrapassar o prazo de dois anos. Além disso, não haverá a possibilidade de renovação para permanência do colaborador no projeto.

Os candidatos interessados em participar deverão enviar também, no ato da inscrição, uma declaração comprovando a sua etnia. O documento deverá estar assinado pelo cacique do povo a que pertence, pela liderança local da aldeia de origem do candidato e pelo presidente do Conselho Local de Saúde Indígena.

Prazos para inscrição:
DSEI Xavante: até 22 de julho
DSEI Kayapó do Pará: até 25 de julho
DSEI Maranhão: até 26 de julho
DSEI Minas Gerais e Espírito Santo: até 28 de julho

Mais informações no banner “EDITAIS” no site da SESAI.

NUCOM/SESAI
Ministério da Saúde

Saúde e Vigilância Sanitária

 

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/projeto-jovem-indigena-abre-vagas-em-quatro-distritos-sanitarios-especiais