A Coordenação Regional do Xingu, unidade descentralizada da Fundação Nacional do Índio (Funai) no município de Canarana (MT), vem apoiando o plantio de abacaxi e cana-de-açúcar na Aldeia Três Buritis, localizada no Parque do Xingu (MT). Com a renda obtida na comercialização dos abacaxis e do melado extraído da cana-de-açúcar, a comunidade tem alcançado autonomia e melhorado as condições de vida na aldeia.

A Funai vem dando suporte à iniciativa por meio do acompanhamento, orientação técnica e envio de recursos e combustível para contribuir com as atividades rotineiras de lavoura, bem como ampliação e otimização do plantio. Atualmente, os indígenas da etnia Kaiabi-Kawaiwete cultivam 8 mil pés de abacaxi e 5 mil covas de cana-de-açúcar. A cultura é desenvolvida pelos próprios membros da comunidade, e conta ainda o apoio de parceiros como a Prefeitura de Querência.

Segundo o coordenador da CR Xingu, Gleiky Magalhães, mesmo com os desafios impostos pela pandemia de covid-19, a unidade vem conseguindo atender diversas demandas das comunidades da região na área de etnodesenvolvimento. “Temos conseguido entender melhor as necessidades de cada aldeia e contribuído cada vez mais com ações como essa da Aldeia Três Buritis, que proporciona geração de renda e dignidade às famílias indígenas”, salienta o coordenador.

De acordo com o cacique Tapi Kaiabi, a comunidade tem especialidade no cultivo desde sempre. A liderança ressalta que a agricultura faz parte da cultura indígena, e que o aprimoramento das atividades agrícolas na aldeia teve início em 2018, quando a comunidade decidiu aperfeiçoar a maneira de produzir. “Queremos ampliar a área de plantio e melhorar nossa produção para, em breve, aumentar a quantidade de produtos para consumo interno e comercialização”, destaca o cacique.

Assessoria de Comunicação/Funai

Agricultura e Pecuária

 

 

Fonte: https://www.gov.br/funai/pt-br/assuntos/noticias/2021/funai-apoia-plantio-de-abacaxi-e-cana-de-acucar-em-comunidade-indigena-do-mato-grosso