O Instituto Internacional de Educação Brasil (IEB) lamenta profundamente o episódio ocorrido na região do Vale do Javari, no Amazonas, que culminou no desaparecimento do indigenista e servidor da Funai Bruno Pereira e do jornalista Dom Philips.

Solidarizamo-nos com as famílias de Bruno e Dom, nesse momento de angústia e longa espera por saber o que de fato ocorreu. Repudiamos toda forma de violência praticada contra os povos indígenas e seus parceiros, que no exercício do seu trabalho, buscam proteger milhões de hectares de florestas e seus povos, em especial os povos indígenas em isolamento, extremamente vulnerabilizados pelo avanço de atividades ilegais e predatórias que aumentam a insegurança territorial.

É inadmissível que um trabalho de décadas, que confere ao Brasil lugar de destaque internacional por sua política de proteção aos povos indígenas nesse contexto, seja interrompido por violência, seja ela de qualquer tipo. A Amazônia e seus povos precisam ser respeitados como lugar de vida, de políticas públicas que a valorizem e a protejam.

Que as buscam por Bruno e Dom sejam intensificadas e que tenhamos respostas dignas, especialmente suas famílias e que o Estado brasileiro cumpra seu dever de proteger os territórios indígenas e seus servidores públicos.

13 de junho 2022

Fonte: https://iieb.org.br/nota-do-ieb-sobre-o-desaparecimento-de-bruno-pereira-e-dom-phillips-no-vale-do-javari-am/

Thank you for your upload