WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.43.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.42.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.09 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.09.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.08.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.07.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.06 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.05 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.04 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.04.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.03 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.03.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.01.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.00 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.59.00.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.59.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.58.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.57 (3).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.56 (1).jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.56.jpeg
WhatsApp Image 2023-04-06 at 09.58.55.jpeg

AFundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) marcou presença na quarta-feira (05) na 8ª Reunião de Governança Geral do Território Indígena do Xingu (GGTIX), realizada entre os dias 3 e 5 de abril, no Pólo Diauarum, Região do Baixo Xingu, estado do Mato Grosso. A presidenta da Funai, Joenia Wapichana, e a diretora de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável da Funai, Lucia Alberta Andrade, participaram do evento ao lado da ministra dos Povos Indígenas, Sonia Guajajara, do secretário especial de Saúde Indígena, Weibe Tapeba, e da deputada federal Célia Xakriabá.

A comitiva buscou ouvir e compreender as necessidades das comunidades da região no intuito de promover as tratativas e articulações necessárias à busca de melhorias. “Essa reunião é de extrema importância não somente para as lideranças indígenas que estão aqui reunidas, mas também para nós, do Governo Federal, para dialogar e também receber as demandas dos povos indígenas, saber qual é a situação, o que está se passando no Xingu. As lideranças também nos ouviram sobre a situação dos povos indígenas dentro dos espaços do governo. Então é uma troca de informações e uma forma de pactuar um compartilhamento de responsabilidades e, a partir disso, fazer um planejamento para dar respostas às demandas que nos foram apresentadas”, salientou a presidenta da Funai.

A GGTIX reúne, anualmente, as principais lideranças indígenas do Xingu para debates e deliberações sobre temas relevantes para os 16 povos indígenas do território, onde vivem 8 mil habitantes. Na oitava edição do encontro, o objetivo é pautar questões urgentes relacionadas ao atendimento à saúde, reivindicações de territórios e direitos sociais.

“Esse encontro é muito importante porque, pela primeira vez, os indígenas que estão no poder vieram visitar o território indígena do Xingu para ouvir as nossas propostas e os problemas que enfrentamos. Também entregamos alguns documentos às autoridades”, afirmou a liderança Tapi Yawalapiti, da região do Alto Xingu, um dos 14 caciques presentes no evento. Na ocasião, os representantes do Governo Federal receberam diversos documentos com reivindicações para as áreas da saúde, educação, administração da Funai, proteção territorial e obras de infraestrutura.

De acordo com o presidente da Associação Terra Indígena Xingu (ATIX), Ianukula Kaiabi Suya, entre as principais reivindicações estão o combate a invasões, o reforço da atuação da Funai na área e a inclusão de territórios que ficaram de fora dos limites atuais da Terra Indígena. “Temos quatro reivindicações pelo povo Ikpeng, Tapaiuna, Waujá e Kĩsêdjê que foram apresentadas à Funai. Também estamos reunidos aqui para conhecer os parentes que hoje estão no governo, desejar sucesso, sorte e oferecer apoio para todo desafio que vier pela frente”, detalhou o dirigente.

Assessoria de Comunicação / FunaiCategoria

Viagens e Turismo

Tags: XinguViagemDemarcação

Fonte: https://www.gov.br/funai/pt-br/assuntos/noticias/2023/funai-participa-de-visita-interministerial-ao-territorio-indigena-do-xingu

Thank you for your upload