Mais de 230 organizações da sociedade civil e movimentos sociais se juntaram a um grupo de cerca de 40 artistas para o Ato pela Terra, que ocorrerá em Brasília nesta quarta-feira (9), a partir das 15h, em frente ao Congresso Nacional.

O evento, inédito, foi convocado pelo cantor Caetano Veloso em protesto contra o Pacote da Destruição, um conjunto de projetos de lei em tramitação no Congresso que pode anistiar a grilagem, extinguir na prática o licenciamento ambiental e aumentar o esbulho sobre as terras indígenas.

Entre as organizações que até agora aderiram ao ato estão entidades ambientalistas, estudantis, indígenas, sindicais, do movimento negro e da academia. É a primeira vez que um conjunto tão diverso de atores da sociedade realiza um ato dessa dimensão tendo a pauta socioambiental à frente.

“Cada um desses projetos retira dos brasileiros um pedaço de seu futuro”, afirmam as organizações num manifesto. “Para premiar um punhado de criminosos, eles condenam os ecossistemas, os assentamentos rurais, os indígenas e os quilombolas. Ampliam o abismo da desigualdade. Mergulham nossa economia no atraso e no descrédito externo e tornam o Brasil um risco climático global.”

As entidades pedem ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que nenhum dos projetos do “combo da morte” seja votado até que esteja alinhado com a ciência, com as demandas das populações tradicionais e à luz da emergência climática.

Confira o Manifesto Ato Pela Terra. 

Fonte: Observatório do Clima

Fonte: https://cpiacre.org.br/mais-de-230-organizacoes-aderem-a-ato-pela-terra-nesta-quarta-feira/

Thank you for your upload