Divulgação do panorama epidemiológico de áreas indígenas marca o dia do Índio, celebrado nesta terça-feira, 19 de abril

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (19) um boletim epidemiológico especial que reúne dados sobre zoonoses e doenças de transmissão vetorial em áreas indígenas. A divulgação do panorama marca o “Dia do Índio”, celebrado nesta terça. O objetivo é auxiliar a execução de políticas públicas de saúde voltadas para a população indígena.

O sistema possui módulos específicos para coleta de informações referentes à saúde das mulheres, vigilância alimentar e nutricional, saúde bucal, ações coletivas preventivo-educativas, além de óbito e morbidades. As análises são do Sistema de Informação da Atenção à Saúde Indígena (SIASI), que compila dados demográficos e de saúde com base territorial, como Distrito, polo base, aldeia, etnia, município e estado.

Além do SIASI, outros sistemas de informação do Ministério da Saúde foram utilizados para a elaboração do boletim, em especial: o Sistema de Informações sobre Agravos de Notificação (Sinan) e o Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Malária (Sivep-Malária).

Atualmente, o Governo Federal atende a mais de 779 mil indígenas, pertencentes a 305 etnias, que falam 274 línguas diferentes e vivem em mais de seis mil aldeias. As Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI), são compostas por médicos, enfermeiros, odontólogos, nutricionistas, psicólogos, farmacêuticos, técnicos em enfermagem, técnicos e auxiliares em saúde bucal, agentes indígenas de saúde e agentes indígenas de saneamento.

O monitoramento constante ajuda a entender as realidades indígenas a partir de mecanismos próprios dos serviços de saúde. A avaliação de indicadores e da situação epidemiológica é um desafio constante em virtude da magnitude territorial e cultural dos povos indígenas.

O boletim é uma produção da Coordenação-Geral de Vigilância de Zoonoses e Doenças de Transmissão Vetorial (CGZV) do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT) da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) e da Coordenação de Gestão da Atenção da Saúde Indígena (COGASI), do Departamento de Atenção à Saúde Indígena (DASI), da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) do Ministério da Saúde.

Acesse aqui o boletim

Tiago Souza
Ministério da SaúdeCategoriaSaúde e Vigilância Sanitária

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/2022/abril/saude-lanca-boletim-com-situacao-epidemiologica-de-zoonoses-e-doencas-transmissiveis-em-areas-indigenas

Thank you for your upload