Ministério da Saúde já enviou vacinas suficientes para imunizar 100% dos indígenas acima de 18 anos que vivem em terras indígenas, atendidos pelo SasiSUS e especificidades da ADPF 709

Mais de 60% dos indígenas com mais de 18 anos atendidos pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena (SasiSUS) e as especificidades da ADPF 709 receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 desde o início da campanha em janeiro. Dos 247 mil vacinados, 86,8 mil já completaram seu esquema vacinal com a segunda dose. A vacinação é realizada pelas Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena (EMSI) dos 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI).

O Ministério da Saúde já distribuiu quantidade de vacinas suficiente para imunizar 100% dos indígenas que fazem parte do primeiro grupo-alvo da campanha. Até o momento, mais de 334 mil doses foram aplicadas nessa população.

A logística de distribuição das vacinas segue o Plano Nacional de Operacionalização contra a Covid-19 e conta com a parceria do Ministério da Defesa e das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde para o transporte das doses até os Distritos. A Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) realiza a campanha de vacinação em aproximadamente seis mil aldeias com uma estratégia operacional que envolve 14 mil profissionais de saúde indígena.

Os dados de doses aplicadas e coberturas vacinais da população indígena das aldeias estão sendo disponibilizados no portal da Saúde Indígena e no LocalizaSUS. Como nas áreas mais remotas não há sinal de celular ou acesso à internet, ainda há dificuldade de registro imediato na inserção das doses no Sistema de Informação do Plano Nacional de Imunizações (SI-PNI). De acordo a SESAI, não houve registros de eventos adversos na aplicação do imunizante entre a população indígena

MAIS INFORMAÇÕES

O Brasil tem aproximadamente 755 mil indígenas cadastrados no SasiSUS e atendidos pela ADPF 709. Desses, 410 mil são maiores de 18 anos e poderão ser imunizados neste primeiro lote. Os 20 mil profissionais de saúde das Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena dos 34 DSEI também receberão o imunizante.

As especificidades da ADPF incluem todas as Terras e Reservas Indígenas que estejam em qualquer fase de Estudos a Homologação do processo administrativo de demarcação da Fundação Nacional do Índio (FUNAI). A priorização da população indígena justifica-se por critérios epidemiológicos, modo de vida coletivo e dificuldades geográficas para acesso aos serviços de saúde.

Desde o ano passado, a SESAI vem realizando um trabalho de conscientização nas aldeias. Os profissionais de saúde reforçam a importância de que todos sejam imunizados, ressaltam a não obrigatoriedade da vacinação, e reafirmam que as vacinas são seguras e possuem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso emergencial.

Os indígenas do contexto urbano ou rural serão imunizados pelos serviços municipais ou estaduais de saúde, de acordo com o cronograma de cada localidade. 

Marina Pagno
Ministério da Saúde
(61) 3315-3580 / 2351

Saúde e Vigilância Sanitária

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/noticias/vacinacao-indigena-mais-de-60-do-publico-alvo-ja-recebeu-a-primeira-dose

Thank you for your upload